quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

CURITIBA GANHARÁ UM NOVO PARQUE


       
       Curitiba está prestes a ganhar um novo parque. Alocado no bairro de Santa Felicidade, o Parque Italiano será o 21º da capital - que conta com 34 unidades de conservação municipais, sendo 20 parques e 14 bosques -, o primeiro de Santa Felicidade e está situado na confluência da rua Hermenegildo Luca e da estrada Ângelo Pianaro, em uma área cedida à Prefeitura pela Incorporadora Green Village.
             Ainda em fase de implantação, o parque possui aproximadamente 100 mil metros quadrados de área de preservação ambiental e contará com trilha para caminhada por entre a vegetação cultivada, Praça dos Arcos (ideal para piqueniques e lazer ao ar livre) e relógio do sol. Trata-se uma parceria entre a Incorporadora e a Prefeitura Municipal de Curitiba que beneficiará a população curitibana, alterando de modo positivo toda a região do entorno.
             Dados do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) dão conta de que Santa Felicidade possui aproximadamente 25.500 habitantes, que serão beneficiados diretamente com o novo parque. Sua estrutura contará com equipamentos de lazer e de incentivo à prática de esportes, criando um espaço de convivência saudável para os curitibanos e integrando definitivamente o “bairro italiano” aos seus vizinhos Botiatuvinha, São Braz e Santo Inácio.
             Para o prefeito de Curitiba, Beto Richa, o parque representa uma homenagem aos moradores do tradicional bairro de Santa Felicidade e da grande Curitiba. “A preservação de uma área verde traz benefícios e qualidade de vida a toda a população. Com certeza, além da estima que já é peculiar ao bairro de Santa Felicidade, uma nova área de lazer valorizará ainda mais a região”, afirma.
             O turismo da cidade também ganha com a implantação do novo espaço. Estimativas apontam que a cidade recebeu, no ano de 2007, cerca de 2,3 milhões de turistas – número que equivale à população da capital e parte da Região Metropolitana de Curitiba. Trata-se de um marco para a cidade, que, além de movimentar a economia, consolida a capital paranaense como um dos mais importantes pontos turísticos do país. Outros dados da Secretaria Municipal do Meio Ambiente apontam a região oeste como a mais arborizada da cidade. “Ao preservar essa área definimos uma ocupação gentil e equilibrada para os moradores atuais e do futuro empreendimento, que serão beneficiados pelo verde das matas dessa rica região”, complementa Marcello Malucelli Thá, diretor da Incorporadora Green Village.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou desta notícia? Comente e deixe sua opinião ou crítica.

Ocorreu um erro neste gadget